Construção civil 2021

5 tendências da construção civil para 2021

Após um ano desafiador como 2020, vários setores da economia estão começando a se recuperar. A construção civil é um deles, sendo um dos pilares para a retomada econômica em 2021. 

Para esse momento de recuperação, são previstos muitos avanços tecnológicos e integração. Projetos mais sustentáveis, modelagem BIM, robótica e impressão 3D, são algumas das previsões para 2021. 

Com novas tecnologias, que iremos explicar mais a frente, novas oportunidades também surgem esse ano. Investir nelas são grandes diferenciais para as construtoras que irão fazer parte dessa recuperação de mercado, incluindo para nós da Morar! 

Bateu curiosidade para conhecer as tendências para a construção civil em 2021? Continue acompanhando a leitura e confira!

Como será a construção civil em 2021? 

As tecnologias e ações que são tendências para esse ano vêm para que melhoremos ainda mais o nosso serviço, com mais agilidade e controle para cumprir prazos, redução de custos e melhoria de resultados para melhor te atender neste novo ano! 

1) Sustentabilidade

A primeira tendência que merece destaque é a sustentabilidade, já tão presente nos condomínios-clube Morar. 

Com a redução de impactos no meio ambiente ganhando cada vez mais força, ações sustentáveis são atuais e também deverão permanecer como tendências para a construção civil por anos.

Formas de economizar água e energia nas obras e após a entrega do condomínio, entre outros, são alguns exemplos já adotados pelas construtoras e incorporadoras.

Na Morar, por exemplo, todas as áreas de lazer dos condomínios Vista possuem placas solares que geram energia para suprir cerca de 80% do consumo nessas áreas de lazer, contam com sistema de aproveitamento de água das chuvas e opções como o Nossa Horta Morar, uma horta compartilhada para as famílias moradoras.  

Horta Morar: sustentabilidade é uma das tendências da construção civil 2021

Nossa Horta Mortar: horta compartilhada já é e permanecerá como tendência por alguns anos. 

2) Robótica e Máquinas 3D

Otimização de tempo e cumprimento de prazos de entrega são algumas das principais preocupações da construção civil. 

Entre outras funções, a robótica e a impressão 3D estão aí para ajudar também nisso! 

Alguns tipos de robôs já vêm conquistando espaço nos canteiros de obra com o objetivo de trazer melhores resultados e maior qualidade nas construções. 

Além da robótica, o 3D também veio para ficar. Espera-se que a tecnologia, que já era utilizada em materiais de construção civil, seja aplicada em máquinas a partir desse ano. 

As pavimentadoras 3D reduzem custos e tempo de transporte, além de facilitar a logística e oferecer um pavimento de melhor qualidade. Além disso, essas máquinas são capazes de monitorar o processo de textura do concreto e pavimento.

Demais, né? 

3) BIM para controle de informações

Processos eficazes e metodologias que sejam capazes de otimizar atividades é essencial para a construção civil. 

Para isso, existe o Building Information Modeling (BIM), que é a construção virtual dos modelos das obras, de onde extraímos os projetos que serão utilizados para a construção dos condomínios.

Com essa tecnologia, é bem mais fácil armazenar dados e informações para tomar decisões seguras no escritório ou no canteiro de obras. Além de prever e solucionar antecipadamente questões de compatibilização, traz mais transparência, economia e precisão.

O BIM fornece informações mais precisas sobre dimensões de paredes, localização de canos, quantidade de materiais e mão de obra necessários, cronograma e orçamento. Bem mais prático, não é mesmo? 

A tecnologia funciona por meio de simulações, análise de variáveis e possibilidades para que as etapas de uma construção sejam realizadas da melhor forma possível. Com tudo isso, é possível ter uma visualização antes do começo da obra, reduzindo custos para correções e evitando retrabalho.  

O BIM, inclusive, será uma tecnologia obrigatória para todos os projetos de obras públicas desenvolvidos a partir de 01 de janeiro de 2021, conforme determinação do governo federal.

4) Realidade Virtual

Nada melhor como ter uma visão real do seu novo apê sem sair de casa, né? Essa é mais uma tendência da construção civil em 2021. 

A Realidade Virtual não é algo exatamente novo, mas que se consolidará ainda mais este ano.

Na Morar, por exemplo, um exemplo de Realidade Virtual são os tours virtuais 360º em 3D presentes em cada página de nossos condomínios-clube.

Além de proporcionar uma visão mais realista por meio de uma tela, a Realidade Virtual também permite a criação de elementos que interagem entre si, oferecendo experiências únicas ao cliente. 

Confira o 3D do último lançamento da Morar, o Vista de Campos, em Campos dos Goytacazes (RJ), na página do condomínio. 

3D é uma das tendências da construção civil 2021

Tour virtual em 3D: disponível em todas as páginas dos condomínios Vista. 

5) Construção modular off-site

No contexto em que a sustentabilidade e outras tecnologias são fundamentais para agilizar processos, a construção modular off-site também dará um salto. 

De forma geral, a construção off-site é um processo no qual partes de um edifício são  construídas fora do canteiro de obra de forma modular. 

Os componentes da construção são produzidos em outro ambiente, a partir das matérias-primas: aço, madeira e concreto. Tudo isso seguindo as mesmas normas e padrões construídos de maneira convencional. 

Assim que as partes estão prontas, são levadas para serem montadas nos canteiros de obra. 

De uma forma geral, todo esse processo da construção off-site pode ser de 20% a 50% mais rápido do que os métodos tradicionais. 

Essa tendência, que veio para ficar, é interessante para empreendimentos focados no público investidor, pois permite a antecipação do recebimento de receitas.  

Veja também: Como acompanhar as obras do meu Morar