Homens X Mulheres: o que mais pesa para cada um na hora de escolher um imóvel

Homens e mulheres: o que cada um prioriza na hora de comprar um imóvel

No momento de comprar um imóvel, homens e mulheres tendem a priorizar itens diferentes, mesmo que ambos busquem igualmente um bom negócio.

E o mercado precisa estar atento aos anseios delas e deles ao procurar por um imóvel. Pesquisas revelam que 63% das compras de imóveis realizadas no Rio em 2019 foram feitas por mulheres, enquanto a Associação Brasileira de Administradores de Consórcio (Abac) informa um aumento de 14% na participação delas em consórcios imobiliários.

Mas o que cada um prioriza na hora de escolher um imóvel para morar? Saiba mais! 

Eles 

Homens, de forma geral, são mais específicos no momento de avaliar um imóvel.

Eles priorizam as questões que envolvem a negociação, como as formas de financiamento e a taxa do condomínio, além de, comumente, estarem mais ligados a fatores financeiros como tendência de valorização de um imóvel ou região.

Eles tendem a valorizar salas grandes, para a recepção de visitas ou para assistirem a eventos esportivos, além de também estarem atentos primordialmente à área de lazer para receber os amigos.

Em geral, os homens abordam a compra de um imóvel de olho nas informações mais globais: tamanho, tipo do imóvel, número de quartos. No momento da avaliação eles procuram menos por detalhes e mais por características amplas e costumam entrar em contato apenas se o imóvel preencher esse a essas características.

Elas 

De acordo com especialistas, elas são mais detalhistas e críticas na hora de uma compra imobiliária e pesquisam mais que os homens ao comparam imóveis. Isso acontece, porque além da preocupação com o pagamento do imóvel, a mulher carrega valores mais subjetivos e emocionais ao estudar a compra de um imóvel.

Elas não deixam de considerar as implicações financeiras, mas procuram se antecipar a outros itens, pensando em como aquele imóvel vai interferir no futuro dela e no da sua família, se tiver aspiração de construir uma. 

Por exemplo: tempo perdido no deslocamento diário para o trabalho ou para a escola dos filhos são preocupações que elas costumam ter de forma mais preponderante do que eles, pois consideram que isso irá interferir fundamentalmente na sua qualidade de vida.

O visual conta muito para elas, desde a qualidade do acabamento até a disposição de cômodos e armários.

Por fim, elas não desejam morar em um lugar em que vão precisar perder grande parte do seu tempo de descanso com organização e manutenção do imóvel.

Entendimento de duas visões 

Para que todos saiam ganhando na compra de um imóvel, o corretor entra com a função fundamental de entender ambos lados: do homem e da mulher. 

“Muitas pessoas acreditam que, para adquirir seu imóvel próprio, vão precisar fazer gastos excessivos, mas é possível realizar esse investimento de forma suave, pagando parcelas de fato menores que o valor do aluguel. ”, afirma Filippe Vieira, gerente comercial da Morar Construtora.  

Os corretores da Morar oferecem as melhores opções para você de acordo com às suas necessidades e de sua família. Fale com um de nossos corretores!